Benvindo(a), visitante! [ Registar | Login

 

VAGA : FEC – Gestor Financeiro , Bissau, Guiné-Bissau

  • Cidade: Bissau
  • Estado: Guiné-Bissau
  • País: Guiné-Bissau
  • Criado: 03/07/2020 19:41
  • Expira: This ad has expired

Descrição

TERMOS DE REFERÊNCIA

FUNÇÃO: Gestor(a)Financeiro(a)

LOCALIZAÇÃO:Guiné-Bissau (Bissau)

15 de agosto 2020 –15 de fevereiro 2021-substituição licença maternidade(6 meses), com possibilidade de renovação, mediante avaliação de desempenho

DATA LIMTE PARA CANDIDATURAS : 08 de julho de 2020

OBJETIVO GERAL DA FUNÇÃO

O Gestor Financeiro (GF) é responsável pelo apoio ao Representante da FEC na Guiné-Bissau (RFEC-GB) e aos Gestoresde Programa (GPROG) na Guiné-Bissau na execução financeiraeadministrativadosProgramasda FEC na Guiné-Bissau, capacitando os colaboradores e parceiros na sua área de atuação.

POSIÇÃO NA ORGANIZAÇÃO

Reporta ao Representante da FECna Guiné-Bissau (RFEC-GB).Articula com Gestor Administrativo e Financeiro (GAF-PT)e Coordenador do Departamento Administrativo e Financeiro (CDAF)em Portugal a dimensão da execução financeira e administrativa.

Articula com osGestoresde Programa (GPROG), com o ecom os Supervisores Regionais (SR).OResponsávelAdministrativo e Financeiro (RAF) e os Técnicos Administrativos e Financeiros (TAF) reportam ao GF.

DEVERES & RESPONSABILIDADES

A)Gestão financeira

  • Mantém conhecimento atualizado dos requisitos do governo local em termos administrativos, financeiros e fiscais e assegurao seu cumprimento assim como os requisitos e regulamentação financeira dos financiadores dos Programas e Projetos;
  • Assegura a manutenção do registo mensal de todos os gastos e rendimentos realizados, sendo responsável pela classificação dos mesmos segundoo Sistema de Normalização Contabilística (SNC) aplicado na instituição e pela validação de todos os documentos: descritivos, valores, classificação em termos de contabilidade geral e analítica e elegibilidade em termos de projetos / Instituição;
  • Supervisiona todas as relações com o Banco, nomeadamente as contas bancárias, reportando mensalmente para o Departamento Administrativo e Financeiro (DAF) todas as operações realizadas, nomeadamente através do envio mensal de extratos bancários e cópias de todos osdocumentos bancários, (cheques, talões de deposito etc.) e da realização das reconciliações bancárias mensais;
  • Gere e supervisiona a gestão das caixas Regionais e providencia os fundos de maneio necessários à realização das atividades por parte das equipas, em articulação com os TAF e SR;Efetua o pagamento de bolsas, remunerações, ajudas de custo, prestações de serviços e outras na Guiné-Bissau;
  • Supervisiona a elaboração de relatórios financeiros mensais de receitas e despesas e analisa o acompanhamento mensal da execução orçamental dos Programas em curso na Guiné-Bissau enviando análise realizada e recomendações (caso necessárias) para CPP, Coordenador do Departamento de Cooperação para o Desenvolvimento (CDCD), CDAF e Diretor Executivo (DE);
  • Apoia na preparação da prestação de contas intermédia e final para financiadores nomeadamente através da elaboração e controlo de resumo financeiro e elaboração de mapas e relatórios financeiros de acordo com os requisitos específicos de cada financiador em articulação com o RFEC-GB, CDAF e CDCD;Em estreita colaboração com RFEC-GB, CDAF, e Gestores de Programa assegura o cumprimento dos requisitos previstos pelos financiadores nomeadamente relativos ao cumprimento de prazos, de indicadores de resultados, regulamentos administrativos e financeiros, etc;
  • Apoia na elaboração dos orçamentos de projetos a serem apresentados em candidaturas junto de financiadores externos em conjunto com o(s) colaborador(es) doutros Departamentos responsáveis pela elaboração da candidatura;Em coordenação comRFEC-GBe CDAF, é responsável pela preparação dos dossiês administrativos e financeiros dos projetos destinados a auditorias a realizar pelos financiadores ou por entidades por eles delegadas, pelo seu acompanhamento e pela prestação de todos os esclarecimentos solicitados durante o processo de auditoria;Identifica necessidades de formação da equipafinanceira eadministrativae garante que são implementados procedimentos de apoio ao desenvolvimento profissional de cada um na sua área deatuação, dentro do contexto dos objetivos da FEC;Assegura que resultados relevantes, melhores práticas e lições aprendidas através da avaliação contínua das intervenções são difundidas entre Departamentos e os parceiros, de maneira a ir ao encontro dos requisitos de qualidade exigidos pela FEC, pelos públicos-alvo e pelos doadores.

B)Gestão administrativa financeira

Assegura que os procedimentos internos FEC na área financeira e administrativa são do conhecimento dos colaboradores FEC na Guiné-Bissau e sãoimplementados/cumpridos, sendo responsável pela atualização dos mesmos;

  • Supervisiona a manutenção do sistema de arquivo de documentosfinanceiros e administrativosde acordo com os procedimentos internos da FEC e com os requisitos dos financiadores (quando aplicável).

C)Capacitação Institucional

  • Apoia os parceiros estratégicos da FEC na Guiné-Bissau de forma a desenvolver competências institucionais na áreafinanceira e administrativa;
  • Em articulação com RFEC-GB, e de acordo com definição de prioridades internas, presta apoio técnico no sentido de assegurar que os relatórios financeiros dos parceiros a doadores institucionais, em projetos onde a FEC participa diretamente, obedeçam aos requisitos dos doadores;
  • Identifica, sob orientação do RFEC-GBe em articulação com os parceiros, áreas de capacitação institucional no seu âmbito de atuação.

D)Gestão de equipa

  • Gere, motiva e acompanha os colaboradores que lhe reportam nomeadamente através de reuniões periódicas individuais;
  • Em articulação com o RFEC-GB, coordena o funcionamento da equipa financeira e administrativa, estabelecendo linhas de orientação e assegurando a efetivação dos deveres e responsabilidades constantes dos termos de referência de cada função, o progresso regular das atividades e o cumprimento dos objetivos estabelecidos.

E)Representação institucional, comunicação e imagem

  • Estabelece o contacto com doadores e parceiros e de fornecedores nomeadamente no que diz respeito a questões financeirase administrativasem articulação com o RFEC-GBna Guiné-Bissau;
  • Em articulação com o RFEC-GBestabelece os contactos institucionais necessários à boa execução dosProgramas eprojetos;
  • Apoia a implementação de atividades constantes no plano de comunicação da FEC para a Guiné-Bissau, nomeadamente através da elaboração de artigos sobre a sua área de intervenção;
  • Promove a implementação dos termos de divulgação e comunicação do apoio de financiadores e parceiros associados à intervenção;
  • Colabora na criação de condições para promover o bom-nome da instituição junto da comunidade, público-alvo e parceiros da FEC.

F)Produtos esperados e data de apresentação

  • Mango financeiro mensal, acompanhado dos respetivos comprovativos de despesa do programa devidamente preenchidos, carimbados e organizados;
  • Controlo mensal de Caixas e Bancos devidamente verificados e conciliados.
  • Manual de Procedimentos financeiros eadministrativos atualizado no final de cada ano;
  • Arquivo financeiro e administrativodo programa em formativo digital e em papel devidamente organizado;
  • Matriz de tarefas e procedimentos relativo às suas funções e dos colaboradores que lhe reportam em suporte digital, no final de cada ano.

ESPECIFICAÇÃO PESSOAL

Aptidões

  • Consciência intercultural;
  • Vocação para o aperfeiçoamento constante;
  • Capacidadede auto motivaçãoe autoaprendizagem;
  • Criatividade e habilidade para trabalhar com recursos limitados;
  • Boa capacidade de decisão;
  • Capacidade de gestão de recursos humanos e de gestão do tempo;
  • Trabalhar e planificar estrategicamente;
  • Trabalharem equipa e comunicar eficazmente com colegas nacionais e expatriados;
  • Capacidade de síntese na elaboração de documentos;
  • Capacidade de representação institucional;
  • Capacidade de trabalhar autonomamente;
  • Orientado para a obtenção quotidiana de resultados;
  • Capacidade de adaptação a ambientes difíceis;
  • Flexível no desempenho das suas funções;
  • Carta de condução de veículos ligeiros e motociclos (preferencial).

Conhecimento

  • Licenciatura em Gestão ou Economia e/ou com experiência comprovada em funções similares;
  • Microsoft Office e programas de contabilidade, nomeadamente Primavera (preferencial);
  • Fluência em Português e bons conhecimentos de Inglês/Francês;
  • Conhecimento da metodologia de gestão do ciclo de projeto;
  • Conhecimentos de procurement;
  • Conhecimento da realidade social e cultural da Guiné Bissau (preferencial).

Experiência

  • Pelo menos 2 anos de trabalho em função similar, de preferência no terceiro sector;
  • Experiencia de gestão de financeira de projetos;
  • Experiência em gestão de projetos e de equipas de trabalho;
  • Experiência de trabalho em países em desenvolvimento, em especial países africanos. CompromissoCompromisso com a luta contra a pobreza;
  • Compromisso com a capacitação das instituições locais, baseada no respeito mútuo e no princípio de parceria;
  • Disponibilidade para viajar no país de intervenção, nomeadamentenas regiões previstas no programa, ou outras, de acordo com as necessidades;
  • Compromisso com a filosofia de trabalho da FEC, nomeadamente a Doutrina Social da Igreja e o respeito pelo direito e valores internacionais que estão subjacentes à Declaração Universal dos Direitos Humanos e outros congéneres;
  • Compromisso com o Código de Conduta da FEC;
  • Garantiro respeito pela organização e o bom ambiente de trabalho.

TERMOS & CONDIÇÕES CONTRATUAIS

  • Carga horária e horário
  • 40 horas semanais, flexíveis em função das necessidades

Os Termos de Referência aqui : Gestor_Financeiro.pdf

 

 

Compartilhar !

0Shares
0 0
Referencia do anúncio: 6805eff89d0d98cd

Denunciar um abuso ou situação

Processing your request, Please wait....

Sponsored Links

Deixe Comentário

Você deve estar logado para publicar um comentário.